Histórias Sem Noção

Em um lugar distante, havia uma população de 'voantes'. Sim, voantes! Não são pessoas idiotas ou pessoas que viajam muito, são pessoas que voam!
E nessa cidade havia uma menina que se chamava Lia. Ela não sabia desse dom ainda, pois todos daquela população insistiam em guardar bem esse segredo para que não chegassem um dia a serem exterminados.
A mãe de Lia, Liete, a protegia desse segredo pro caso de alguém chegar aquela comunidade não acabar com ela, porém, Liete não esperava que Lia descobriria esse segredo tão cedo.

Longe dali havia um mago, Melil. Ele sempre amou Liete, mas nunca foi correspondido. Durante muito tempo ele tentava imaginar uma forma de conseguir o amor dela. Até que um dia ele ficou sabendo de um festival que teria na próxima semana, o festival Limelik.

Lia e seu amigo Gian estavam a mil com os preparativos do festival, pouco ela sabia que algo terrível iria acontecer nesse festival.
Enquanto todos de Shalim se preocupavam com o festival, Melil bolava um plano para se aproximar de Lia para saber mais sobre Liete.

E o grande dia chegou! Durante os preparativos do festival, o pensamento de Liete não parava, mas ela sabia que o mago estava por vir e talvez Lia precisaria usar seu poder para se salvar e era ali, naquele festival que Liete resolveu contar pra sua filha o segredo das pessoas daquela cidade com uma grande apresentação de alguns voantes. Aquele dia foi o primeiro voo de Lia e Gian.

E estavam todos felizes dançando e comendo, quando de repente, chega Melil disfarçado e puxou Lia para dançar.
Durante todo o festival eles ficavam conversando sobre várias coisas e sua mãe não gostava do via. Estava com medo do que ele poderia fazer. E ela estava certa.
Depois de muita conversa Melil abriu um portal no chão onde ninguém pudesse ver e chamou Lia para que pudessem ir ao outro mundo. Um mundo perdido. Lia que não sabia que seria uma má ideia, foi. Chegando ao outro mundo, Lia se assustou com o que via. Era um mundo escuro, com ruas vazias, frio...
Estavam andando, e ela se deparou com um cachorro triste à beira da rua, tinha acabado de ganhar filhotes, mas quando Lia olhou do lado daquele cão viu os filhotes dentro de frascos como se estivessem em conservas.
Lia rapidamente tirou os cães, eram três, mas um deles não resistiu e morreu. Ela levou os filhotes que sobreviveram para um casa próxima onde ela conheceu Bonnie. Bonnie era uma feiticeira da mesma idade de Lia e acabaram se tornando bem próximas a partir daquele momento.

Conversaram bastante e Lia acabou contando que tinha chegado ali com Melil através de portal. Então Bonnie contou para Lia o que Malil realmente era e fez que ela ficasse de olhos bem abertos com ele, porque ele seria capaz de qualquer coisa.

Lia sentindo falta de sua mãe e amigos, pediu para que Malil a levasse de volta e Bonnie foi junto com eles.
Quando chegaram no festival, o filho de Malil, Cailum, estava à procura do pai e acabou conhecendo Lia e se encantou.
Malil foi tentar mais uma vez com Liete, enquanto isso Cailum e Lia se conheciam mais um pouco. Lia acabou se encantando também com Cailum, mas Bonnie preocupada por ele ser filho do mago, sempre alertava Lia.
Ainda próximos do portal, Cailum  tentou beijar Lia, mas ela acabou caindo pro outro mundo e Bonnie foi atrás. Malil vendo aquilo, fechou o portal para que elas não pudessem voltar, o que deixou Liete muito triste.

Liete em prantos então, se virou para o mago e disse:
- Se soltar minha filha, faço o que quiser! Mas, por favor, não prenda minha filha lá, ela é só uma menina...
O mago, não muito surpreso com as palavras de Liete disse:
- Se casar comigo, trarei sua filha de volta, sem nenhum arranhão, mas pense em me dizer um não e trate de saber viver sem sua filha! hahaha

Naquele mesmo momento, passava por ali um voante do sul de Shalim, Visenium. Vendo aquela situação, desceu depressa para ajudar Liete e com a ajuda de Cailum, que naquele momento já amava Lia, pressionaram Malil para que reabrisse o portal. Vendo que não tinha escolha, Malil abriu o portal. Lia e Bonnie saíram e correram em direção a Liete.

Enquanto eles estavam naquele momento feliz, Visenium levou o mago para a prisão que ficava no alto das montanhas para que ele não atrapalhasse mais a vida de ninguém.

De volta ao festival, todos ali ficaram felizes dali em diante por saberem que não precisariam mais se preocupar com o mago.

Nas montanhas.... Malil ria por terem o prendido ali, mal sabiam os outros que ele havia desenvolvido uma magia que pudesse se teletransportar..

Continua...

Nenhum comentário:

Postar um comentário